DatabaseCast 69: DBA ogro

VitrineDatabaseCast69

Olá, pessoal! Neste episódio, Mauro Pichiliani (Twitter | Blog), Wagner Crivelini (@wcrivelini) e o convidado Fabio Cotrim (dba.cotrim@gmail.com) assumem o comportamento ogro. Neste episódio você vai aprender como se tornar um DBA ogro, falar não de forma romântica, vir anexado junto com o e-mail escrito com erros de português e em letras maiúsculas, negar WhitePapers, praticar o voo do urubu e exercitar a ironia e o sarcasmo.

 



Não deixe de nos incentivar digitando o seu comentário no final deste artigo, mandando um e-mail para  databasecast@gmail.com, seguindo o nosso twitter @databasecast, vendo informações de bastidores e as músicas do programa no nosso Tumblr e curtindo a nossa página no Facebook e no Google+ e assistindo aos nossos episódios no YouTube. Acesse o feed RSS do DatabaseCast neste link.

 

NOVA LOJA DO DATABASECAST NO ZAZZLE!

Compre a caneca Datas SQL com a sintaxe para manipulação de datas no Oracle, SQL Server, MySQL e PostgreSQL! Basta clicar na imagem abaixoFINAL_FotoColocaoReal Livro Conversando sobre Banco de dados do Mauro Pichiliani (Impresso e PDF,EPUB e MOBI)

CAPA_AMAZON_REDUZIDA_BLOGcover_front_medium

Você pode comprar a camiseta com estampa fractal Fluxo Matrix e Sonho Fractal diretamente neste link. Veja também:

feed-rss1Veja no gráfico abaixo a duração e os tempos aproximados de início e fim de cada bloco:

TamanhoEp69Veja na tag cloud abaixo a contagem das palavras mais usadas nos e-mails, comentários e tweets do episódio anterior:

TagCloudEp69

Links do episódio:

 

Play
Esta entrada foi publicada em DatabaseCast, Podcast e marcada com a tag , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

5 respostas a DatabaseCast 69: DBA ogro

  1. claudemar martins disse:

    Eu era um cara que ajudava e tal mais um analista ativou a trigger ogro em mim, demais este episódio;

  2. Vinicios Neves disse:

    Bom dia Mauro e Wagner.

    Primeiro de tudo gostaria de parabenizar vocês pelo excelente trabalho com o podcast.
    Descobri o databasecast há mais ou menos um mês e já perdi a conta de quantos episódios ouvi.

    Sobre ser um ogro… acho que temos algo a se pensar. Sou engenheiro de software e não concorco com determinadas posturas levantadas durante o cast. Segundo o Cotrin, se vc ver que alguém fez errado vc já logo fala “mas você está errado, tá errado isso aí, seu código está ruim, sua procedure tá um lixo” e coisas do tipo. Não acho que tem que ser assim.

    Quando eu tenho uma opinião diferente, normalmente eu começo com “talvez não seria melhor….”, ou, “eu acho que seria melhor, por causa disso e disso…”

    Acho que é bem diferente ser uma pessoa sincera e ser uma pessoa grosseira.

    Existe profissionais de todos os tipos e em todas as áreas.

    Se você prova, por a + b, que você está certo ao invés de simplesmente dizer que estava errado. Daí as pessoas acabam percebendo que vc tem um know how e acabam te vendo como uma fonte de consulta para eventuais dúvidas ao invés de atravessar a rua pra te evitar.

    Acho que, acima de qualquer coisa, somos todos seres humanos, e deveríamos nos importar mais uns com os outros. Detesto essa linha traçada que separa desenvolvimento de banco de dados. Sou apaixonado por tecnologia e estudo de tudo, do front ao banco de dados.

    Um grande abraço, continuem fazendo esse excelente trabalho que já tem feito e espero sempre poder aprender mais a cada novo episódio.

    Saúde e paz sempre!

  3. Luiz Felipe disse:

    Primeiro, parabéns pessoal pelo excelente trabalho e principalmente descontraível para falar sobre assuntos as vezes tediosos rs

    Eu me identifiquei muito com esse podcast, pois a empresa que trabalho hoje as vezes preciso ser muito ogro com os desenvolvedores em casos absurdos como por exemplo : O processo de carga diario faz N create temporary table , o cara pedir hoje no Oracle 11g para ficar executando analyse onde o dbms_stats é mais adequado, ou ate mesmo casos absurdos de culpar a lentidão de querys mal desenvolvidas ( e comprovadas ) por falta de rebuild de index, pra eles rebuild de index tem que ser rotina diaria.

    Enfim, eu tento sempre fazer amizade com todos eles mas nesses momentos eu viro o shrek e são todos meus inimigos rs.

    Um abraço pessoal!

  4. Ótimo episódio, gostei bastante. Realmente precisamos de uma dose de ogriçe as vezes, quando necessário, mas com moderação.

  5. Flávio disse:

    Ótimo programa, dei muito risadas, e parecia que estava me vendo. Agora quando alguém reclamar de min vou passar o link. Abraços a todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *