DatabaseCast 88: Documentação

Olá, pessoal! Neste episódio, Mauro Pichiliani (Twitter | Blog), Wagner Crivelini (@wcrivelini) e e as convidados Ricardo Rezende e Pedro Galvão se reuniem para falar sobre documentação. Neste episódio descubra porquê a documentação é tão importante, faça os diagramas certinhos, tome cuidado para não ser aquele que garante o emprego por falta de documentação e não se esqueça de compras as licenças de software!

 



 

Livro do banco de dados NoSQL MongoDB escrito pelo Mauro Pichiliani!

CAPA_REDUZIDA

Compre aqui a versão digital (EPUB) na Amazon. No Clube de Autores temos também a versão digital e impressa.

Não deixe de nos incentivar digitando o seu comentário no final deste artigo, mandando um e-mail para  databasecast@gmail.com, seguindo o nosso twitter @databasecast, vendo informações de bastidores e as músicas do programa no nosso Tumblr e curtindo a nossa página no Facebook e no Google+ e assistindo aos nossos episódios no YouTube. Acesse o feed RSS do DatabaseCast neste link.

RSS

DatabaseCast no Spotify: https://open.spotify.com/show/67WL9plNZQa59KCCKg9RgN?si=iQEU7GaYQCqKpMuY8Hi6Nw

Play
Esta entrada foi publicada em DatabaseCast e marcada com a tag , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

7 respostas a DatabaseCast 88: Documentação

  1. Anderson Souza - Joinville disse:

    databasecast é referência para qualquer profissional de dados! Parabéns e que 2020 seja mais um ano de sucesso para vocês!

  2. Vamos fazer esse DatabaseCast bombar em 2020 hein!!!

    Uma forma que acho interessante de documentação também é fazer algum post explicando alguns conceitos, o problema e a solução. Às vezes, o entendimento fica até mais simples do que na documentação oficial. Um exemplo disso é o Blog do Dirceu Resende, que certamente ajuda muitos profissionais no dia a dia com as suas dicas.

    Queremos ver o Wagner e o Mauro aqui no SQL SAT Vitória 2020 também =)

    Abraço Luiz Lima.

  3. Trabalho com banco de dados Adabas no Mainframe, o sistema funcionou ok até em 31/12/2019 no dia 01/01/2020 o sistema começou a dar uns erros de permissão ao arquivo temporario, ninguem sabia o porque deste erro, conversando com os colegas do serviço achamos estranho desse problema ocorrer justo na virada do ano, dai lembrei que no finalzinho de 2009 (dez anos atrás) foi dado um comando para o sistema um determinado erro, fui na minha documentação e estava lá o comando, com telas de print e tudo, no final descobrimos que o comando que demos no final de 2009 só cobria de 2010 até 2019 as permissões aos arquivos temporarios, depois de ver o que poderia acontecer foi dado o comando para pegar até 2100 (80 anos sem problema), a documentação é importante e me salvou.

  4. Sabe uma coisa que senti falta foi de vocês falarem mais que ferramentas usam pra documentar? Evernote, Wiki, Sistema de Forum?

    Que cuidado vocês tem de usar essas ferramentas? Tem uma preocupação de deixar na nuvem a documentação (com o uso do Evernote), preocupações com backup dessa documentação (usando outras ferramentas)?

  5. Coloquei o nome errado, no lugar de Danilo era Claudemar

  6. Fabiano Jorge Dornelles disse:

    Muito bom o episódio sobre Documentação. Parabéns ao Mauro, Vagner e convidados.

    Documentação é essencial, mas no dia a dia muitas empresas não documentam, pois preferem entregar o produto o mais rápido possível.

    Vocês colocaram muito bem no episódio, que no futuro as empresas precisam dessas informações e podem gastar mais tempo e dinheiro para resolver a situação.

  7. marcelo disse:

    Vida longa ao Databasecast.

    Semana passada um imenso processo ETL de extrema importancia, criado em 2013, e de vital importancia para a empresa falhou. Durante o reparo do problema, a falta de documentação era tanta que foi muito mais facil refatorar o processo em algumas noites do que entender o que haviam criado em 2013. O resultado foi que a ausencia de documentação forçou o time a ter um trabalho extra no fim do mês e a empresa a perder uma grana com hora extra de desenvolvimento.

    abraços. Continuem com o excelente trabalho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *