Minhas palestras no TDC SP 2016

794c25b6b653c32d545a50b182737719

Recentemente tive três palestras aceitas para o evento TDC SP 2016, uma conferência que gosto muito. Neste post indico o link para os slides das palestras e falo um pouco sobre elas.



Antes de indicar os slides, explico a imagem que ilustra a capa deste post: esta frase da Marie Curie, uma brava cientista com uma fantástica história de superação, me motivou para compartilhar um pouco de conhecimento nas minhas palestras.

A primeira palestra que montei para o evento foi para a trilha de banco de dados. Gosto de encontrar meus colegas de profissão e aprender MUITO sobre este assunto. Resolvi falar um pouco sobre SSD e como esta tecnologia impacta o mundo de banco de dados. Para não ficar somente na teoria eu realizei diversos testes de desempenho que me forneceram dados para corroborar o que eu queria afirmar nesta palestra. Infelizmente, por motivos de saúde não pude apresentá-la no evento, mas os slides estão abaixo:

 

A segunda palestra que enviei foi para a trilha de realidade virtual. Esta não é muito uma área na qual domino, mas devido ao resultado de um projeto recente resolvi compartilhar o que aprendi, o que não deve ser feito e o que foi obtido. O assunto em questão foi o rastreamento de objetos em 3D para interação em tempo real para simulação com realidade virtual. O resultado final foi muito bacana e a audiência gostou bastante

A última palestra que apresentei foi na trilha de machine learning. Desta vez falei sobre uma ferramenta que pode ser considerada o “avô” do que estamos vendo hoje no mercado para ferramentas de machine learning: o Weka. Como é costume das minha apresentações cujo título é uma pergunta, me concentrei mais em instigar o pensamento na audiência e questionar várias coisas que são apresentadas pelo mercado. Novamente, o resultado foi muito bacana e gostaram muito do que foi apresentado, especialmente do case que eu apresentei.

 

Esta entrada foi publicada em Evento. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *